Diário de Bordo

Aqui ficará registado as aventuras e desventuras do meu percurso pelos mares das tecnologias... Foi com este objectivo que iniciei este diário. Hoje é mais do que um blog sobre o estudo das Tecnologias Educativas; é um registo do meu percurso de aprendizagem (de vida), onde as tecnologias continuam a ter importância. Sei que não o teria consigo manter se não fosse o seu formato digital; as interacções que aqui se estabelecem.

quinta-feira, julho 06, 2006

Pemba e Niqueliva

Um menino e uma menina. Duas crianças tão distantes e de certa forma tão perto uma da outra, nem que seja pelos traços que caracterizam as suas humildes existências. Pemba vive no Nepal; é um principezinho adorável, que, como tantas outras crianças daquele país, enfrenta a dureza das terras inférteis e da pobreza no seu extremo. Niqueliva nasceu em Moçambique. É lá que vive, ou sobrevive, em condições precárias; onde nem a água canalizada nem a electricidade são suas conhecidas - em pleno século XXI é incrível que ainda não tenhamos conseguido aniquilar estas desigualdades flagrantes...

Quis o destino que Pemba e Niqueliva ingressassem hoje no programa de apradrinhamento à distância a partir de Portugal. Foi através do CSS, que a S. me apresentou esta iniciativa e foi assim que integrámos esta missão, cientes que não vamos mudar o Mundo, mas convictas de que podemos contribuir para a diferença.

Prescindimos da compra de um CD por mês e garantimos o sustento das necessidades básicas de uma criança, onde a frequência escolar está incluída. Pode parecer caricata tal referência, mas com as taxas baixíssimas de alfabetização destes países trata-se de um facto relevante.

São estes actos tão simples que, ao fim e ao cabo, me fazem sentir útil e me purgam das mesquinhices do dia a dia. Às vezes dou demasiada importância ao que não tem importância nenhuma...

Mas sei reconhecer a amizade sincera e verdadeira. Amigos AMIGOS tenho poucos, mas bons! Entre eles estão a S., que me colocou este desafio, e a T. que desde logo o apoiou e divulgou!


Obrigada S. por me mostrares uma nova rota para o País da Utilidade.

1 Comentários:

  • Às 10:04 da tarde, julho 07, 2006 , Blogger sara disse...

    Querida Cris:

    A minha crença: "só se vê bem com o coração" (Saint Exupery) e o resto são balelas, onde puder fazer a diferença farei...a terra não girará mais rápido, os rios não irão secar...mas eu sentir-me-ei muito melhor!!! Mais fantástico ainda é ter-te a meu lado e juntas partilharmos as aventuras e haver uma Tess que sorri por nós!

    Pena não ter uma bússola que nos guie sempre...mas ir à aventura é muito mais divertido...e há países à nossa espera! :-)

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial