Diário de Bordo

Aqui ficará registado as aventuras e desventuras do meu percurso pelos mares das tecnologias... Foi com este objectivo que iniciei este diário. Hoje é mais do que um blog sobre o estudo das Tecnologias Educativas; é um registo do meu percurso de aprendizagem (de vida), onde as tecnologias continuam a ter importância. Sei que não o teria consigo manter se não fosse o seu formato digital; as interacções que aqui se estabelecem.

domingo, janeiro 16, 2005

Voltar a lançar o navio ao mar para novas aventuras.

Após uma temporada em doca seca, para recarregar baterias e estruturar ideias é agora altura de voltar às navegações e às reflexões.
Já tinha saudades de escrever no meu querido blog, mas ao mesmo tempo tinha receio de recomeçar. Contradição?! Afinal estive quase um mês ausente, sem escrever uma palavra e temo que já tenham perdido a fé em mim, que já não passem por cá para visitar o meu cantinho e deixar os vossos comentários. Adoro ler os vossos comentários. É reconfortante saber que o que escrevo é lido... que há gente do outro lado!
Mas não estive totalmente parada. Andei em mares mais calmos, em missão de observadora a ver se arranjava inspiração para o trabalho de CVA e quem sabe para a tese. Nas minhas incursões deparei-me com muitas práticas, com imensa informação, e conheci algumas pessoas, ainda que virtualmente. Agora sinto que é tempo para navegações mais audazes. É tempo de começar a pôr por escrito aquilo que idealizei para uma comunidade de aprendizagem de Língua Inglesa. O blog será a ferramenta utilizada por excelência para desenvolver o gosto e a practica pela escrita.
A ver vamos...Bjinhos e Bom Ano para todos

1 Comentários:

  • Às 12:47 da manhã, janeiro 17, 2005 , Blogger António Faria Lopes disse...

    Navegar é preciso, diz o poeta. Então aproveita as ondas da poesia que te banham a imaginação e parte, marinheira! Vai para os mares onde nunca dantes navegaste. É sempre bom partir pr'ó mar, esse ente poderoso, porque depois também é sempre bom chegar. Guia-te pelas estrelas, há sempre uma mais brilhante que te pisca o olho. Boa viagem

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial